.
.

95ª Corrida Internacional de São Silvestre. A corrida passou, mas a lição do dia fica para a vida. Nunca desista, acredite em você!

Fortaleza, 01/01/2020 - Já faz um tempinho que acompanho a Corrida Internacional de São Silvestre, primeiramante pela TV, depois fiz o meu batismo em 2006, e nos últimos anos pela web e TV.

No começo, quando a corrida ainda era realizada a noite, tenho remotas recordações da vitória do brasileiro João da Mata em 1983, mas tive a oportunidade de assistir pela TV, o "verdadeiro tetra" do equatoriano Rolando Vera (1986 a 1989); Paul Tergat conquistando cinco vitórias, e a portuguesa Rosa Mota, que continua sendo a única e verdadeira raínha da Corrida Internacional de São Silvestre, com 6 cosquitas sequênciais (1981 a 1986) - VERDADEIRAMENTE UMA HEXA CAMPEÃ!!!

Mas voltando aos dias atuais (2019), chegamos a 95ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, (a primeira sem a participação da equipe mais tradicional do atletismo brasileiro - Cruzeiro). Sem grandes novidades, a prova foi dominada mais uma vez por atletas africanos (masculino e feminino), com direito ao registro da melhor marca dos últimos 25 anos no masculino.

 

Na prova desta terça-feira, 31/12/2019, percebi que apesar das polêmicas dos últimos anos (percurso, pipocas, inscrição cara, etc...), a Corrida Internacional de São Silvestre continua forte, e agora a corrida passa a ter o selo internacional da IAAF - Road Race Bronze Label da Wolrd Athletics.

Com este novo selo, a corrida mais tradicional do pais não será apenas uma grande corrida festiva de final de ano, pois o interesse pela prova deverá aumentar, principalmente entre os corredores que correm em busca dos melhores tempos e certificados internacionais.

 

A CORRIDA: A corrida feminina foi um capítulo a parte, pois a queniana Brigid Kosgei (atual recordista mundial na maratona - 42.195 metros), pulou na frente desde a largada e ficou sozinha durante todo o percurso, passando a impressão de que não iria somente vencer a prova, mas que também iria superar a melhor marca da prova, pertencente a Jemina Sumgong, 48 min 35 seg.

No entanto, após alguns quilômetros solitários de liderença, a queniana começou a sentir alguns fatores decisivos da prova paulista, (altimetria irregular; umidade relativa do ar), e talvez, o próprio isolamento da atleta na liderança tenha sido prejudicial no seu rendimento. No final, a quemiana registrou 48 min 56seg, que foram suficientes para a sua conquista nesta 95ª edição, mas não para superar a marca de 48min 35 seg, pertencente a sua compatriota Jemina Sumgong, em 2016.

No masculino, o jovem Jacob Kiplimo - 19 anos (Uganda), largou forte e ficou na liderança por quase todo tempo, mas sempre teve ao seu redor outros adversários, principalmente o queniano Kibiwott Kandie - 23 anos (Quênia), que protagonizou com Jacob Kiplimo, uma das chegadas mais impressionantes da Corrida Internacional de São Silvestre entre todas as edições já realizadas.

Nos últmos 500 metros de prova na Avenida Paulita, Jacob Kiplimo, parecia estar certo de que seria o grande vencedor da São Silvestre, mas sua pequena vantagem em relação a Kibiwott lhe custou caro. Nos últimos 50 metros, Kibiwott arriscou aquele sprint final, e faltando pouco mais de dois passos para a linha de chegada o queniano ultrapassou Jacob, em uma chegada espetacular!!!

No final, Kibiwott Kandie cruzou a linha de chegada em primeiro lugar (42min 59seg), com Jacob Kiplimo chegando "um segundo depois". Vale ressaltar, que ambos conseguiram superar a antiga melhor marca da São Silvestre brasileira, que pertencia ao lendário Paul Tergat desde 1995, (43min 12seg).

Com atletas de 45 países e representantes de todos os estados brasileiros + Distrito Federal, a 95ª Corrida Internacional de São Silvestre teve 35 mil corredores oficialmente inscritos, além de alguns não inscritos (pipocas - que foram em escala bem menor desta vez). A corrida também contou com a participação de centenas de atletas com necessidades especiais (cadeirantes, amputados, auditivos, visuais, intelectuais), etc... e no meia da multidão esta interação ficou ainda mais bonita, com espaço para todos.

 

Acompanhem as nossas publicações recentes:


Sorteio de cortesias, 17ª Meia Maratona Internacional de Fortaleza. link...

4ª Corrida Super Vilton, garanta já a sua vaga. link...

Vídeo: Nossa visita ao Supermercado Super Vilton. link...

Circuito Beach Run Praia do Futuro, está chegando a hora! link...

1ª Corrida Club Society Cajueiro, confiram imagens do treino realizamos no percurso, link...

1ª Corrida Club Society Cajueiro / Maranguape. Solicite aqui a sua inscrição, link...

Circuito das Estações Verão Fortaleza, saibam como foi a prova. link...

Circuito das Estações Verão Recife, saibam como foi a prova. link...

Circuito das Estações Primavera Fortaleza, saibam como foi a prova, link...

Circuito das Estações Outono Fortaleza, saibam como foi a prova, link...

Circuito das Estações Inverno Fortaleza, saibam como foi a prova, link...

Circuito Night Run Fortaleza. Um sucesso, saibam como foi a prova. link...

Circuito Night Run Recife com 6 mil atletas, um sucesso! Saibam como foi a prova, link...

Nossa visita aos amigos da Equipe Exterminadores de Km / Canindé / CE. link...

2ª Maratona Internacional da Cidade de Florianópolis. Saibam como foi a prova, link...

Ação solidária Portal do Corredor: Confiram a nossa visita ao Instituto Moreira de Sousa. link...

Blog Corre Mah, Jornal O POVO. Acompanhem as nossas publicações alternativas, link...

 

 

 

Portal do Corredor - O pioneiro web running no norte e nordeste brasileiro, 2004 / 2019.
Nosso site oficial: www.portaldocorredor.com.br

CASE / 16 anos: Eventos que já divulgamos. link...

Quem Somos? Conheçam um pouco da nossa história. link...

Blog Corre Mah: Jornal O POVO on-line, link...

Fanpage: Portal do Corredor, link...

Perfil Facebook: Félix Luis, link...

Corridas: Félix Luis, link...

Vídeos YouTube: Portal do Corredor, link...

Instagram: portal_corredor.

Mailing: aproximadamente 25 mil cadastros.

 

.Empresas e serviços que apoiam e compartilham o nosso trabalho: